Receba nossa newsletter
06/11/2018

Novos modelos de negócios: nuvem e everything as a service

 

Como havíamos noticiado anteriormente, o estudo “Adoção de Tecnologias Disruptivas: Os Fins Justificam os Meios?”, feita em parceria entre a Frost & Sullivan e a Wittel, nos apresenta a nova realidade da tecnologia da informação na era digital. O TI deixa de ser um fornecedor de infraestrutura para participar ativamente da transformação dos negócios. Os modelos de negócios na nuvem e o conceito de “everything as a service” (tudo como um serviço) são fortes indicadores desta estratégia.

Se a tecnologia é a principal impulsionadora da produtividade e eficiência no Brasil, não surpreende que os conceitos de nuvem e tudo como um serviço sejam os protagonistas da transformação digital. Seja no caso de empresas B2B ou B2C, os benefícios são os mesmos: aumento de produtividade, redução de custos, melhoria da experiência do cliente, dentre outros.

Baixe agora o estudo e saiba como os serviços em nuvem geram benefícios

Transformação de produtos em serviços

Serviços em nuvem permitem que pequenas e médias empresas tenham acesso a tecnologias que não teriam nos modelos on-premise. Seja por preço ou pela estrutura necessária. Já nas grandes empresas e setores industriais, a modernização de estrutura por modelos na nuvem garante melhores resultados ao diminuir custos em TI, promover a modernização e permitir o crescimento do negócio. Fornecimento de big data e a mobilidade que os serviços em nuvem oferecem também são grandes vantagens.

As inovações da transformação digital permitem que as empresas e os consumidores finais contratem serviços por subscrição dispensando a necessidade de investirem em hardwares ou mesmo produtos tangíveis. É o caso de serviços de streaming, como Netflix, ou softwares de informática, como produtos da Microsoft ou da Adobe. Os CDs que continham chaves de acesso foram substituídos por assinaturas em cloud, gerando receita recorrente para as marcas e diminuindo a pirataria. Dá para notar que esse modelo não é apenas uma tendência passageira, mas um modelo que já está transformando o mercado em geral.

Por que contratar modelos de negócios em nuvem?

Não importa o segmento da empresa, sempre é possível se beneficiar dos serviços em nuvem. Os modelos são adotados para gerenciamento de processos de vendas e marketing, mas no setor de contact center e colaboração as melhorias são nítidas e indiscutíveis.  

Contact center na nuvem 

Escalabilidade: a estrutura on-premise não é flexível para mudanças sazonais em escalas, mas o modelo em nuvem permite alterar licenças com facilidade. É um ganho de tempo e economia de recursos valiosos para as operações.

Integração: melhoria na experiência dos clientes por meio da solução omnichannel, que unifica as interações em um mesmo painel, facilitando o atendimento dos agentes. Ao entender o contexto do atendimento em diferentes canais, o cliente prossegue de onde parou, sem perder tempo.

Big data: armazenamento dos dados para geração de insights transforma o contact center em uma verdadeira vantagem competitiva.

Colaboração

A mobilidade é a grande vantagem para as ferramentas de comunicação entre colaboradores. As pessoas podem se conectar de onde estiverem, em seus notebooks, tablets e smartphones, sem desperdiçar tempo por falta de uma comunicação eficiente e rápida. Chats criptografados e com possibilidade de transcrição garantem a segurança das comunicações.

Cloud anywhere

Quer adotar a transformação digital? O conceito de Cloud Anywhere é ainda mais inovador para quem não quer ficar para trás nesta nova realidade. A flexibilidade da rápida implementação em cloud pública ou privada gera diversos benefícios para contact center, colaboração e no uso de plataforma de insights.

Baixe a sua cópia do estudo “Adoção de Tecnologias Disruptivas” e fique por dentro do papel desempenhado pelos negócios em nuvem no cenário brasileiro.

 

Comentários

Destaques

Últimas Notícias